Cinema para leigos

Oie! (acho que esse vai ser meu bordão de saudação inicial)

Você curte cinema, mas isso não significa que saiba os nomes dos cineastas mais renomados de cada fase? Tá cansado desse pessoalzinho falando nomes difíceis quando você só queria comentar quão engraçada aquela nova animação da Disney é? Odeia a cara de desprezo que eles fazem quando você diz que nunca viu um filme considerado clááásssico? Quem adivinha qual frase vem agora? Pois é: seus problemas acabaram!

cinema

Hoje, você vai aprender o básico sobre a história do cinema, conhecer os seus principais nomes e anotar quais filmes precisa ver pra conseguir fingir por aí que é especialista no assunto. Vai poder se vingar de todos os cults que duvidaram da sua capacidade! E depois vai correndo assistir a uma comédia romântica bem água com açúcar, porque não vai aguentar mais filme #inteligente (brinks, galera, tem muita coisa legal).

Bom, o cinema começou lá no século XIX. Naquela época, os filmes eram super curtinhos e não tinham um enredo elaborado como os de hoje. Quanto ao seu inventor, rola aquela divergência de opiniões: nos Estados Unidos, dizem que foi Thomas Edison; na Europa, os irmãos Lumière. A verdade é que eles desenvolveram mecanismos semelhantes mais ou menos ao mesmo tempo, mas em lugares diferentes.

Dessa primeira fase, é interessante assistir ao primeiro filme exibido, que se trata simplesmente de um trem chegando à estação. Parece bobagem, né? Mas, na época, foi motivo de grande fascínio por parte do público:

E aos filmes de George Méliès, um dos caras que mais fez sucesso na Europa nesse iniciozinho. Pra quem tem preguiça de ler, foi lançado, há pouco tempo, um filme que fala sobre a vida dele. O nome é “A Invenção de Hugo Cabret”, que, aliás, também é de um diretor foda (Martin Scorsese), só que dos dias de hoje. Vejam o trailer:

Aos poucos, os filmes foram aumentando de duração e ganhando uma linguagem mais definida. Se alguém quiser se aprofundar, vale pesquisar sobre o Griffith, que contribuiu de uma forma singular com as suas técnicas de montagem inovadoras.

Avançando um pouco, mas ainda no cinema mudo, aparece uma figura bem conhecida: Charles Chaplin. Pra quem não sabe, ele foi muito mais que um ator de filmes de comédia. Era produtor, roteirista, diretor, escritor, dançarino… e é considerado por muitos críticos como o maior artista cinematográfico de todos os tempos!

charles_chaplin_1-2

Vale a pena assistir “Tempos Modernos”, “O Grande Ditador” e “Em Busca do Ouro”. Todos eles estão relacionados a fases importantes da nossa história e têm críticas sociais como base.

Vou dar um grande pequeno salto, senão vocês ficam até amanhã aqui lendo esse post (porque vocês são lindos e não abandonariam a leitura no meio, sei disso). Então, no cinema sonoro, da mesma forma, existem dois principais eixos: o americano e o europeu. Hoje, escolhi falar de alguns movimentos europeus, já que a intenção aqui é tirar onda de intelectual e a Europa é muito mais blasé. Mentira, é porque entendo mais dessa parte, mesmo. Em outro post, quem sabe, falo um pouco sobre os cinemas de gêneros e hollywoodiano, que começaram a caminhar para a posição de destaque que têm hoje depois da Primeira Guerra Mundial.

Pulando as primeiras vanguardas, vou falar das minhas duas preferidas.

Neorrealismo italiano

Os filmes neorrealistas, como o nome já indica, têm muito da realidade italiana da época. A intenção dos cineastas era mostrar a cidade como ela era, no contexto do pós Segunda Guerra, com os seus defeitos e estragos.  A ilusão do cinema fascista não cabia mais, e nem se tinha dinheiro pra dar continuidade a ele. Roberto Rosselini é o mais notável, e influenciou outros movimentos que estavam acontecendo na Europa mais ou menos simultaneamente. Pra quem gosta da arquitetura europeia, os cenários costumavam ser as ruas e prédios da cidade, incluindo os restos do que tinha sido destruído durante os conflitos. Vejam Ladrão de Bicicletas, é bem bonitinho.

ladrões-de-bicicleta1355888837

Nouvelle Vague

Ah, Paris! Quem não ama? Preciso dizer: sou apaixonada pelo cinema francês, seja o antigo ou o atual. Adoro o sotaque, adoro a atmosfera, adoro os atores. A Nouvelle Vague aconteceu lá pelos anos 60 e foi um movimento totalmente jovem e revolucionário. Os seus principais cineastas são Godard, que faz filmes até hoje, e Truffaut. Foi nela também que entraram em cena grandes musas do cinema, como Brigitte Bardot (perfeita!) e Anna Karina. Uma curiosidade divertida é que muitos dos atores eram pessoas normais, que eles encontravam na rua. Já pensou?

tumblr_kz809bAcT11qamu39o1_500anna_karina2

O mais interessante é que o cinema da fase misturou influências das mais diversas, até mesmo dos americanos (tipo Hitchcock, que dirigiu o clássico Psicose). Eles não tinham o olhar regulado pela política, apenas pela arte. Os caras eram apaixonados pelo que faziam, e foi nesse tempo que surgiu o termo “cinefilia”, pra vocês terem uma ideia. Eu indico Jules et Jim, que conta a história de dois amigos que se apaixonam pela mesma mulher. O filme é leve, apesar da trama complicada, e o final é surpreendente.

Por hoje é só, gente. É claro que eu não falei nem de metade do que o cinema tem pra nos oferecer, mas quis dar umas diquinhas sobre o que eu conheço. Todos os filmes que eu citei estão disponíveis pra baixar na internet. O site que eu mais uso é O melhor da telona, porque odeio torrent e já vem com a legenda, apesar de a imagem não ter uma qualidade maravilhosamente perfeita. Muitos desses mais antigos estão também no youtube.

Vê tudo, estuda, depois samba na cara da sociedade metida a aculturada! Quando o assunto começar a se aprofundar, é só dizer que precisa ir ao banheiro e simplesmente fugir pela janela. Beijinhos e vão preparar a pipoca.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: