I ♥ Banksy

Oie!

Como vocês estão? A semana passada foi uma correria só, e preciso dizer que não tenho mais pés. Como pode alguém sobreviver usando sapato fechado todos os dias? COMO PODE? Não sei o que será de mim no final do mês. Provavelmente já terei aprendido a andar plantando bananeira, que é a solução mais eficaz que consegui imaginar atá agora. Enfim, o que importa, por enquanto, é que: primeira semana de estágio + aulas = challenge accomplished (ai, que saudade de ver HIMYM). E, claro, pra não sair da rotina, essa nova realidade me fez pensar em várias coisas. Eu podia falar sobre o trânsito, todo o seu jeito insuportável de fazer as pessoas perderem horas dos seus dias e sobre como andar de ônibus faz a gente viver coisas que, juntas, dariam um livro cheio de plot twists interessantíssimas, mas deixemos isso pra outra hora. Hoje, eu vou falar de arte!

Nunca fui muito ligada em arte, dessa que a gente vai até o museu pra ver e tal. Na verdade, aproveitando-me aqui dessa experiência libertadora que é o anonimato, vou até confessar que olho pra maioria das coisas e não capto a essência. Às vezes, é um metal retorcido que todo mundo aplaude de pé. Algumas pessoas devem mesmo saber o que estão fazendo, devem se sentir profundamente tocadas pela genialidade da obra, mas a minha teoria é de que o resto só tá fazendo cara de entendido e imitando o amiguinho do lado. Ou então eu sou muito burra e sem cultura, mesmo, mas prefiro acreditar na outra opção, porque, né. A verdade é que, como em tudo na vida, isso é uma questão de gosto. Ninguém é obrigado a gostar de nada, ainda que esse nada específico seja reconhecido mundialmente como algo muito admirável.

Agora, se tem uma coisa que costuma chamar minha atenção de um jeito positivo é a arte de rua. Aquela arte que não tem moldura e em que só repara mesmo quem der a sorte de olhar pro lugar certo, do ângulo certo, e realmente enxergar o que está olhando. Não sei se acontece só comigo, mas, às vezes, quando eu vejo um muro no meio do caminho e nele tem uma frase com a qual concordo ou um desenho cheio de significado, começo a imaginar como seria a pessoa que fez aquilo. Há quanto tempo aquilo está lá. E quantas pessoas já se identificaram ou, quem sabe, até sorriram sozinhas ao notar aquilo. Eu tenho mania de achar coisinhas pequenas super importantes, tipo esses detalhes que a gente deixa passar no dia a dia e, de repente, descobre. Acho que elas mudam totalmente a nossa perspectiva, e dava pra relacionar isso com a nossa vida, mas minha cota de divagações já foi atingida, eu sei, não precisam ficar entediados.

O negócio é o seguinte: tem um cara que, pra mim, é o cara mais foda nesse assunto de arte de rua. Ele me fascina no sentido que eu falei aí em cima e em muitos outros. O que ele faz agrada aos olhos, acima de tudo. Eu amo a simplicidade, as sátiras, as metáforas e o fato de que ele topa com uma mancha no meio do caminho e dá significado a ela. Tudo isso só com umas tintas e vários estêncis. A arte que ele faz tem bastante crítica social e, principalmente, política. Ele é ativista, diretor de cinema, britânico e seu pseudônimo é Banksy. Já ouviu falar? Já viu o trabalho dele? Não? Então dá uma olhada em algumas fotos e se apaixona também.

tumblr_mkw0slYRvs1ry9gb3o1_500.jpg

tumblr_mkvdyz3C9v1rq2mito1_500.jpgEle também aproveita o que outras pessoas fizeram antes.

tumblr_mkvtplB8zn1rkcwnbo1_500.jpg

tumblr_mkve4pErUG1rq2mito1_500.jpg

tumblr_mkv3ihf4mm1s2hytzo1_500.jpg

tumblr_mkst8lIqbU1r3qovoo2_500

tumblr_mjhtx0sYa51rbfi1ko1_500.jpgSó eu também enxergo animais e objetos em buracos de tinta e afins? Esse cara é minha alma gêmea.

tumblr_mkudazyxxY1rolcswo1_500.jpgAcho que esse é o seu trabalho mais conhecido, tem muita gente que até tatuou. Vocês tatuariam uma obra do artista preferido, ou que tivesse algum significado especial, tipo esse de que “há sempre esperança”?

tumblr_mkt7dazxXj1qd6t7ko1_500.jpg

tumblr_mksnnol5pO1s2pahao3_1280Um dos meus preferidos. Hahaha.

tumblr_mkt42nRx6x1ruvxdno1_500.jpg

tumblr_mksnnol5pO1s2pahao1_500

tumblr_mkst8lIqbU1r3qovoo1_500

tumblr_mksnnol5pO1s2pahao2_500Ufa! E aí, o que acharam? Me empolguei mesmo, porque é difícil escolher o mais legal. As obras do Banksy, que às vezes também são chamadas de manifestações, começaram a aparecer em Bistrol, cidade onde ele nasceu, e estão espalhadas por Londres e pelo mundo inteiro. O sonho da minha vida é que ele faça o que quiser com uma parede do meu quarto. Então, estou lançando uma campanha: Banksy, vem pro Brasil, seu lindo! Me mostra seu estêncil que eu te levo pra fazer arte lá em casa! n

“The holy grail is to spend less time making the picture than it takes people to look at it.”

– Banksy

Vocês também curtem arte de rua? Têm algum artista preferido? Contem aí, galera.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: